Aécio Neves não vai desistir do Brasil

Aécio prometeu ter, como líder da oposição, uma atuação fiscalizatória do cumprimento das promessas feitas por Dilma.

Eleições 2014

Fonte: O Globo

Aécio Neves não vai desistir do Brasil

Tucano explica que irá seguir de perto o uso da máquina pública do governo Dilma.
Foto: Divulgação.

Em vídeo, Aécio diz que disputa eleitoral foi ‘desigual’

Tucano acusa a campanha do PT de uso da máquina e pede a eleitores que continuem mobilizados

O candidato derrotado à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) divulgou no fim da noite de terça-feira um vídeo em sua página no Facebook em que diz que a disputa presidencial foi “desigual”. Na gravação, com pouco mais de um minuto, o senador tucano acusou a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) de uso da máquina e propagar infâmias e mentiras.

— De um lado, temos que nos lembrar que disputamos uma eleição desigual com o outro lado usando como nunca a máquina pública, a infâmia e a mentira contra nós — disse Aécio.

O presidenciável derrotado contou que tem recebido mensagens de tristeza pela derrota dele e pediu que a todos os apoiadores de sua candidatura que se mantenham mobilizados e vigilantes. Ele usou frases ditas pelo então presidenciável Eduardo Campos (PSB), morto em agosto em um acidente de avião, e pelo avô dele Tancredo Neves para estimular os militantes.

— Por isso, eu digo: não podemos desistir do Brasil e não vamos nos dispersar. A força que adquirimos é a que levará o Brasil à mudança.

Aécio prometeu ter, como líder da oposição, uma atuação fiscalizatória do cumprimento das promessas feitas por Dilma.

— A gente não pode esquecer que aconteceu uma coisa extraordinária, que foi o Brasil acordando, as pessoas indo para as ruas, querendo voltar a ser protagonistas da construção de seu próprio destino. Essa é a maior força que temos hoje: a nossa união para fiscalizarmos as ações deste governo e cobrarmos resultados. Fiquem tranquilas que estarei atento e vigilante para que cada compromisso da campanha seja cumprido. Senão será denunciado.

Antes de retornar à rotina do Congresso, o senador terá uma temporada de descanso. O previsto é que ele passe alguns dias na fazenda da sua família em Cláudio (MG) e depois viaje ao exterior.

Confira o vídeo aqui

0 comments… add one

Leave a Comment