Programa Minas Sem Fome

Programa Minas Sem Fome entrega equipamentos para apicultores da região Central

Governo de Minas: Programa Minas Sem Fome

Fonte: Agência Minas

Iniciativa, que visa impulsionar a produção e a comercialização de mel, vai viabilizar a implantação de uma agroindústria do produto em Nova Lima

Impulsionar a produção e comercialização de mel da Associação de Apicultores das Cidades de Rio Acima e Nova Lima (Aacranoli), região Central do Estado. Esse é o objetivo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) em parceria com as prefeituras de Rio Acima e Nova Lima com a doação de equipamentos à entidade. A inciativa está sendo possível por meio do programa estadual Minas Sem Fome e irá viabilizar a implantação de uma agroindústria de mel em Nova Lima.

A solenidade de entrega dos equipamentos será realizada nesta sexta-feira (21/03), às 18h, na rua Poços de Caldas, nº 285, Bairro Campos Pires, Nova Lima. O evento contará com a presença do Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Zé Silva, e do presidente da Emater-MG, José Ricardo Ramos Roseno.

Por meio do Minas Sem Fome serão repassados diversos equipamentos à associação, como cilindro alveolador, envasadora de frascos de mel com balança eletrônica, mesa em aço inox, mesa telada para secagem, tanque decantador, tanque descristalizador e fumigador, entre outros. O total do valor dos recursos investidos pelo Minas Sem Fome é cerca de R$ 90 mil. O local onde funcionará a agroindústria foi cedido pela prefeitura de Nova Lima.

De acordo com o presidente da Emater-MG, José Ricardo Roseno, a ação visa incentivar a apicultura e a agricultura urbana na região. “A princípio serão 43 apicultores beneficiados e a expectativa é aumentar este número. A região possui potencial para a produção de mel e queremos contribuir para fortalecer a agricultura urbana e melhorar a geração de renda e qualidade de vida dos produtores. Com este projeto pretendemos, também, que os apicultores e agricultores urbanos tenham acesso a mercados institucionais e programas, como o Pronaf, PNAE e PAA”, destaca Roseno.

A agroindústria será implantada até julho de 2014. Ao todo serão beneficiados 43 apicultores dos municípios de Nova Lima, Rio Acima e Raposo. Atualmente, a associação produz cerca de 4 toneladas de mel por ano. A expectativa com a implantação da agroindústria é que esse volume aumente. A produção será comercializada na Região Metropolitana de Belo Horizonte. “Esperamos ter uma capacidade de produção maior e com mais qualidade para um mercado mais amplo. Com a chegada da agroindústria, entraremos também numa fase mais profissional e buscaremos comercializar nossos produtos nacional e internacionalmente.”, diz o presidente da Aacranoli, João Carlos Rocha.

Minas Sem Fome

O Minas Sem Fome é um programa do Governo de Minas Gerais, gerenciado pela Emater-MG, que tem o objetivo de buscar a segurança alimentar e nutricional, com redução da pobreza, resgate da cidadania e inclusão produtiva, conforme expresso no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado – PMDI 2007–2023. O programa beneficia a população rural e urbana, em situação de vulnerabilidade social, organizada por meio de entidades comunitárias, sem fins lucrativos e legalmente constituídas, com projetos de interesse coletivo. Em 2013, o Minas Sem Fome atendeu a cerca de 110 mil famílias em 790 municípios. O valor dos recursos aplicados foi superior a R$ 4 milhões.

“Partindo de um direito básico do ser humano, que é o acesso à alimentação de qualidade, as ações do Minas Sem Fome estimulam o associativismo, ampliam a capacidade produtiva dos agricultores e a comercialização, garantindo a segurança alimentar e o aumento de renda das famílias. Ou seja, a partir do programa, cria-se um círculo virtuoso que evidenciam que os objetivos vêm sendo cumpridos de forma permanente e sustentável”, afirma o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.

0 comments… add one

Leave a Comment