Gestão Anastasia: comitiva do BID vem a Minas Gerais viabilizar recursos para segurança pública

Estado receberá, por meio de operação de crédito com o BID, cerca de R$ 160 milhões

Divulgação/Seds
Gerente da operação pelo BID, Dino Capriolo, e o secretário Rômulo Ferraz
Gerente da operação pelo BID, Dino Capriolo, e o secretário Rômulo Ferraz

Uma comitiva do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) chegou, nesta segunda-feira (11), a Minas Gerais para realizar uma pré-avaliação da operação de crédito por meio da qual o Estado receberá um empréstimo de cerca de R$ 160 milhões. Os recursos serão aplicados em ações nas áreas de Segurança Pública e Defesa Social.

O secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant´anna, e o chefe da Polícia Civil, delegado-geral Cylton Brandão, receberam o gerente da operação pelo BID, Dino Capriolo, e a representante da área de Instituições para o Desenvolvimento do Banco, Joan Serra Hoffman. Ainda irão compor a equipe responsável pela pré-avaliação: o coordenador-geral do Programa de Operação de Crédito do BID, Gustavo Beliz, a especialista do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Ana Maura Tomesani, e os representantes do Escritório das Nações Unidas Sobre Drogas e Crimes (Unodoc) no Brasil, Bo Mathiasen e Nivio Nascimento.

Até a próxima sexta-feira (15), a comitiva irá conhecer melhor cada área que desenvolve programas a serem financiados pelo BID. Haverá apresentação dos problemas a serem enfrentados, dos objetivos das ações e de como elas serão operacionalizadas. Também serão fornecidas as orientações para a preparação dos documentos requeridos para a análise econômica, técnica, ambiental e institucional dos projetos.

O secretário Rômulo Ferraz ressaltou a importância do financiamento para a realização da política de segurança pública em diversas áreas, como sistema prisional, socioeducativo e prevenção à criminalidade. “Estamos dando prioridade absoluta à operação, para que possamos cumprir uma parte grande do financiamento em um curto prazo, de um ano”, disse.

Para o gerente do BID, Dino Capriolo, a política de segurança pública desenvolvida em Minas Gerais deve ser modelo para todo o país. “Seremos catalíticos em disseminar boas práticas implementadas aqui para outros Estados”, afirmou.

Ainda nesta segunda-feira, será feita uma apresentação institucional da Seds ao grupo e uma demonstração da evolução das políticas de segurança pública em Minas Gerais. Nesta terça-feira (12), a comitiva conhecerá as políticas de prevenção à criminalidade, as ações de Polícia para a Cidadania e o sistema socioeducativo. À noite, será feita uma visita técnica ao grupo temático de Trânsito, da Central de Acompanhamento de Penas e Medidas Alternativas (Ceapa). Na quarta-feira (13), as discussões serão sobre fortalecimento institucional, ressocialização no sistema prisional, integração e modernização das polícias e o projeto de Delegacias Modelo e fortalecimento da perícia criminal. No quinta-feira (14), serão feitas visitas a um Centro de Prevenção à Criminalidade (CPC) e a um centro socioeducativo. Por fim, na sexta-feira (15), haverá uma discussão com o Ministério Público sobre combate ao crime organizado.

Os recursos do BID serão utilizados, até 2014, na realização de diversas ações lançadas, no último mês, pelo secretário de Defesa Social no Plano Integrado de Enfrentamento à Violência, que reúne novos métodos e obras estratégicas para a segurança pública, com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade violenta no Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/comitiva-do-bid-vem-a-minas-gerais-viabilizar-recursos-para-seguranca-publica/

0 comments… add one

Leave a Comment