Gestão Anastasia: Governo de Minas assina ordem de serviço para construção da “Cidade das Águas” em Frutal

Escritório do urbanista Jaime Lerner apresentou projeto arquitetônico da obra, que terá investimentos de R$ 55,7 milhões

Divulgação/Sectes
Secretário Narcio Rodrigues assina a ordem de serviço para início da obra do projeto Cidade das Águas
Secretário Narcio Rodrigues assina a ordem de serviço para início da obra do projeto Cidade das Águas

O Governo de Minas, representado pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, assinou na noite de segunda-feira (5) ordem de serviço para o início da obra de implantação do projeto Cidades das Águas, com investimentos da ordem de R$ 55,7 milhões. A solenidade foi realizada na Câmara de Vereadores, durante audiência pública que envolveu toda a comunidade. Com previsão de término em 20 meses, a obra, que será executada pela Construtora Waldemar Polizzi, compreende a construção dos prédios da Biblioteca, do Laboratório/EAD, do Alojamento de Pesquisa (Casa de Hóspedes) e mais sete alojamentos do Complexo Uemg-Unesco-HidroEX.

Estiveram presentes também o presidente do Unesco-HidroEx, professor Octávio Elísio Alves de Brito; o diretor do Departamento de Obras Públicas de Minas Gerais (Deop), Fernando Teixeira; o deputado estadual José Maia, a prefeita de Frutal, Maria Cecília Marchi Borges; e o presidente da Câmara, José Adão da Silva.

Interação ambiental

Durante o evento, a equipe do arquiteto Jaime Lerner, um dos mais conceituados urbanistas da atualidade, apresentou o projeto arquitetônico e urbanístico que vai interagir Frutal com a Cidade das Águas, seguindo o percurso do Córrego da Vertente Grande. Conforme afirmou a arquiteta Rossanna de Rossi, a proposta principal é promover essa interação, por meio do percurso das águas e uma nova urbanização da cidade, que envolve também a recomposição das matas ciliares.

O presidente da Câmara, José Adão da Silva, enalteceu o momento vivido por Frutal. “Não resta dúvida de que esse projeto vai marcar a nossa história”, destacou. Para o presidente do Unesco-HidroEx, professor Octávio Elísio, a Cidade das Águas não teria vida se não tivesse um elo com Frutal. “Essa interação é nosso maior projeto, transformando Frutal em um centro de excelência em água, com repercussão internacional”, afirmou o  presidente.

O diretor do Deop, Fernando Teixeira, confirmou que os recursos já estão liberados para que a construtora possa iniciar a obra.  “Frutal merece este projeto e vamos concluí-lo no menor tempo possível”, disse diretor.

O evento foi finalizado com o discurso do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, que destacou a importância de Frutal abraçar esta causa. “Com a assinatura desta ordem de serviço, o Governo de Minas começa a escrever uma nova página da história de Frutal”, afirmou o secretário.

Fonte: Agência Minas

0 comments… add one

Leave a Comment