Anastasia e os valores mineiros

Dia de Minas: Na solenidade, Anastasia exaltou o espírito mineiro como a solução para os grandes impasses que o país precisa enfrentar.

Personalidades e instituições que contribuíram para o desenvolvimento do Estado são homenageadas no Dia de Minas, em Mariana.

O governador Antonio Anastasia presidiu, nesta segunda-feira (16), em Mariana, na região Central do Estado, a cerimônia oficial em comemoração ao Dia de Minas. Durante a solenidade foram agraciados com a Medalha Dia do Estado de Minas Gerais 50 personalidades e instituições que contribuíram para o desenvolvimento do Estado. O governador assinou decreto, transferindo, simbolicamente, a capital do Estado para Mariana, primeira cidade e primeira capital mineira, que esse ano comemora 316 anos de fundação.

Em seu discurso, Anastasia defendeu os valores de Minas, o trabalho e o desenvolvimento, como instrumentos para uma vida melhor. “Aqui, nestas montanhas e nestas águas, está a nossa fé na dignidade essencial dos seres humanos, e dela nunca iremos abjurar. E é essa fé que nos chama ao trabalho, ao desenvolvimento pleno e seguro de nossa economia, e à divisão mais justa dos bens vindos do trabalho comum. É essa fé que nos faz irmãos de todos os brasileiros, do Norte ao Sul, na consolidação de nossa independência política, que se completará na autonomia econômica, científica e tecnológica”, afirmou o governador.

Anastasia exaltou o espírito mineiro como solução para grandes impasses que o país precisa enfrentar. “Não temos a astúcia dos predestinados, mas, sim, a cautela dos ingênuos. É essa cautela, dos que desconfiam do saber fácil e das equações conhecidas, que explica muito de nossa alma política. Em Minas, mais do que em outros lugares, tudo é política. Somos negociadores por natureza e pela experiência. Buscamos, com o denodo que assiste os justos, na solução dos pleitos, o ponto comum, que, ao nos favorecer, não desfavorece o outro”, disse.

Ele ainda lembrou os ideais mineiros, legado e compromisso de Minas com o Brasil. “Nesse caminho, temos que defender, com todos os meios, os bens nacionais e a liberdade, como sempre fizemos em Minas, sem esquecer os nossos compromissos para com a paz e a felicidade de todos os homens e mulheres do nosso planeta. Creio que, nesta quadra de dúvidas e de sobressaltos, nós, os mineiros, devemos retornar aos arraiais de nossa formação e buscar, no núcleo mais profundo do espírito, a inspiração necessária”, afirmou Anastasia.

Minas fundamental

O orador oficial da cerimônia, ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Carlos Alberto Reis de Paula, mineiro de Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de BH, afirmou que Minas Gerais é e sempre foi um estado fundamental para o crescimento da federação brasileira.

“A história mostra sempre que, para a estabilidade de nossas instituições e para o correto desenvolvimento de nossa nação, somos indispensáveis, como fiel da balança de um país de contrastes, que só se mantém unido como nação pelo respeito às diversidades regionais e pela riqueza oriunda das singularidades de cada um. Assim, aprendemos, entre nós mesmos, pelas diferenças entre regiões que compõem o nosso Estado com seus 853 municípios”, disse Carlos Alberto Reis de Paula.

O ministro ressaltou a satisfação de ser o orador oficial da cerimônia. “Governador Antonio Anastasia, vossa excelência que me privilegiou com a honraria do convite para ser orador oficial desse evento, certamente impulsionado pela lembrança do colega de magistério na Casa de Afonso Pena, a nossa Faculdade de Direito da UFMG sabe, melhor do que ninguém, que a Minas de ontem tem encontro marcado com a Minas de hoje”, afirmou.

Também participaram da solenidade do Dia de Minas, em Mariana, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Joaquim Herculano Rodrigues, além de secretários de Estado e outras autoridades.

História da Medalha

A Constituição Mineira determina que o 16 de julho é o Dia de Minas, quando a capital é simbolicamente transferida para Mariana. A semana em que recai o dia 16 de julho fica denominada Semana de Minas, constituindo período de celebração cívica em todo o Estado.

Em 16 de julho de 1977, durante sessão solene comemorativa do 281º aniversário de Mariana, o professor Roque José Camêllo propôs a instituição, como data cívica estadual, do Dia do Estado de Minas Gerais. O projeto recebeu o apoio de acadêmicos, autoridades municipais e da comunidade marianense.

No mesmo dia, em 1979, no 283º aniversário da cidade, foi pedido apoio ao governador Francelino Pereira para o projeto que declarava o 16 de Julho como o Dia do Estado de Minas Gerais. A Lei Estadual instituiu a data comemorativa. Em 1980, o prefeito Jadir Macedo sancionou a Lei Municipal 561, instituindo a Medalha do Dia do Estado de Minas Gerais. A Constituição do Estado, promulgada em 1989, instituiu a data como Dia de Minas, bem como o 8 de dezembro como Dia dos Gerais.

Agraciados com a Medalha do Dia de Minas 2012

1.         Carlos Alberto Reis de Paula (orador oficial)

2.         Adriano César Ribeiro de Araújo

3.         Afrânio Miranda

4.         Agostinho Célio Andrade Patrus

5.         Ailda Ribeiro Anacleto

6.         Ana da Silva Pontes

7.         Ana Lúcia Almeida Gazzola

8.         Ângela Maria Prata Pace Silva Assis

9          Antonio de Oliveira Lopes Camelo – In Memoriam

10.      Benedito Álvaro Cunha

11.      Benedito Rubens Renó

12.      Bruno Terra Dias

13.      Danilo Vieira Júnior

14.      Dinis Antônio Pinheiro

15.      Domingos Sávio Campos Resende

16.      Elias Layon

17.      Eros Ferreira Biondini

18.      Escola Estadual Afonso Pena Júnior – São Tiago

19.      Firmino Francisco da Assunção

20.      Glaydson Santos Soprani Massaria

21.      Gustavo da Cunha Pereira Valadares

22.      Ivan Gamaliel Pinto

23.      João Ramos Filho – In Memoriam

24.      João Vitor Xavier Faustino

25.      José Altivo Brandão Teixeira

26.      José Martins Assunção

27.      José Nogueira Soares Nunes

28.      José Silami Gomes

29.      Lázaro Luiz Gonzaga

30.      Luiz Carlos da Silva

31.      Maria de Lourdes Motta Baeta Neves

32.      Mário Lúcio Heringer

33.      Nilton Geraldo Xavier Gogoy

34.      Olavo Machado Junior

35.      Padre José Geraldo de Oliveira

36.      Padre Luiz Claudio Vieira

37.      Pastor Ademir Lucas

38.      Paulo Garcia de Carvalho

39.      Pedro Terra Filho

40.      Porcina Xavier Silame

41.      Presco Macário de Souza

42.      Renato de Mendonça

43.      Roberto Quintão Furtado Gomes

44.      Rogéria Maria Castro Debelli

45.      Rômulo de Carvalho Ferraz

46.      Ronaldo Ernesto Scucato

47.      Sarah Fleury Franco de Carvalho

48.      Silvio Antônio de Oliveira

49.      Tiago Ulisses de Castro e Oliveira

50.      Wederson Advincula Siqueira

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/anastasia-enaltece-valores-mineiros-para-consolidacao-da-independencia-politica-no-brasil/

0 comments… add one

Leave a Comment