Governo de Minas: Cemig alerta para risco de acidentes causados pelo contato de pipas com rede elétrica

De acordo com a companhia, de janeiro a maio deste ano, cerca de 400 mil consumidores já ficaram sem luz por esse tipo ocorrência

Somente de janeiro a maio deste ano, a prática de soltar pipas foi responsável por mais de 1,3 mil ocorrências que provocaram a interrupção do fornecimento de energia elétrica para cerca de 400 mil consumidores. Além dos prejuízos causados pela falta de energia, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) alerta para os riscos à segurança que essa brincadeira pode trazer quando praticada próxima à rede elétrica.

Em 2011, mais de 1,4 milhão de consumidores em todo o Estado foram prejudicados com desligamentos causados por papagaios presos nas linhas de distribuição. Foram registradas 5.312 interrupções no fornecimento de energia provocadas por pipas, representando 2% do total. Mais da metade dos desligamentos (3.204) ocorreram exatamente durante o inverno, entre os meses de junho e setembro, atingindo 900 mil consumidores. No ano passado, o maior número de interrupções causadas por papagaios na rede elétrica foi registrado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH): 2.618 ocorrências. De janeiro a maio deste ano, foram registrados 610 desligamentos na RMBH provocados por pipas na rede elétrica.

O uso do cerol – mistura cortante feita com cola, vidro e restos de materiais condutores – é um dos principais causadores dos desligamentos, pois geralmente causam o rompimento dos cabos de energia quando entram em contato. Além disso, muitos curtos circuitos são provocados pela tentativa de retirar papagaios presos à rede.

Acidentes

De acordo com o engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Demétrio Venício Aguiar, a maioria dos acidentes acontece quando o papagaio fica preso na rede elétrica e as crianças tentam retirá-lo, utilizando materiais condutores, como pedaços de madeira e barras metálicas. O contato com a rede elétrica pode ser fatal, além do perigo de queda em função do impacto causado pelo choque elétrico. Nesses casos, as consequências mais comuns são traumatismos causados pelas quedas e queimaduras graves causadas por choques.

Além disso, muitas crianças soltam pipas com arames e fios. “São materiais altamente condutores de energia e as crianças acabam sendo eletrocutadas quando esses materiais tocam os cabos de energia”, explica Demétrio Aguiar.

O engenheiro chama a atenção ainda para o uso do cerol, que pode transformar uma simples linha de papagaio em um material condutor e provocar choque elétrico ao entrar em contato com a rede. Em 2011, a Cemig registrou dois acidentes com vítimas causados por papagaios. Em 2010, foram mais dois registros, sendo um deles fatal.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cemig-alerta-para-risco-de-acidentes-causados-pelo-contato-de-pipas-com-rede-eletrica/

0 comments… add one

Leave a Comment