Governo de Minas: CVTs profissionalizam jovens para o mercado de trabalho no interior

As capacitações foram realizadas de acordo com a demanda de cada região

Divulgação/Sectes
Alunas do cursos de vendas e telemarketing recebem certifcados em Ituiutaba
Alunas do cursos de vendas e telemarketing recebem certifcados em Ituiutaba

O mercado de trabalho no Brasil, e especialmente em Minas Gerais, continua oferecendo oportunidades. Contudo, as exigências de profissionais qualificados são cada vez maiores. Por isso, o Governo de Minas trabalha em várias frentes para oferecer ao cidadão, a oportunidade de se qualificar. A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), por meio da Rede CVT, oferece muitas possibilidades de se preparar gratuitamente.

No mês de fevereiro, o Centro Vocacional Tecnológico de Ituiutaba (CVT) finalizou os cursos de vendas e telemarketing para 20 pessoas. As atividades, que tiveram início em novembro de 2011, são resultado da parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). “O objetivo principal das aulas foi priorizar a qualidade e o bom atendimento ao cliente”, esclareceu a coordenadora de laboratório do CVT, Gilca Silva.

Garrafas pets descartadas pela comunidade foram os ingredientes principais do curso de Puffs promovido pelo CVT de Santa Rita do Sapucaí. Após conseguir recolher um grande número de pets, a equipe da unidade organizou a primeira turma para a capacitação. Os interessados foram os alunos do Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. “O curso foi um sucesso, pois além de ensinarmos os participantes a produzirem puffs a partir de garrafas pets, mostramos a importância da reciclagem”, destacou a coordenadora do CVT, Mariney de Oliveira.  Ela ainda ressaltou que antes das aulas começarem, a unidade já havia recebido uma lista de espera com mais de 18 nomes para fazerem a próxima capacitação.

Já o CVT de Três Pontas realizou o curso de classificação e degustação de café para 10 pessoas. As aulas foram ministradas pelo coordenador da unidade e também especialista no assunto, Paulo José da Silva. Segundo Paulo, esse tipo de capacitação sempre é necessário na região, pois o município possui alta produção de café.

Durante as aulas, os alunos aprenderam a identificar os diferentes tipos de bebida, a partir da cor, aspecto e aroma, além de entenderem a importância de um bom manejo pós-colheita para a boa qualidade do café. “As aulas também mostram como a cafeicultura é importante para o crescimento econômico da cidade, e que é possível o crescimento da atividade, respeitando meio ambiente”, finalizou Paulo José.

Para saber quais os cursos que os CVTs de sua região estão oferecendo, acesse o site www.inclusaodigital.mg.gov.br/agenda

Fonte: Agência Minas

0 comments… add one

Leave a Comment