Pimenta: uso dos Correios por Dilma e Pimentel torna campanha do PT ilegítima

Deputado petista fala que Dilma só chegou a “40%” das intenções de votos no Estado porque “tem dedo forte dos petistas dos Correios”.

Escândalo dos Correios

Fonte: PSDB-MG

Em visita a Ceasa, Pimenta lembrou que Mensalão também teve origem em fraudes na estatal e anuncia que vai à Justiça contra uso da máquina pública a favor de petistas. Foto: Divulgação / PSDB

Em visita a Ceasa, Pimenta lembrou que Mensalão também teve origem em fraudes na estatal e anuncia que vai à Justiça contra uso da máquina pública a favor de petistas. Foto: Divulgação / PSDB

Pimenta da Veiga afirma que uso descarado dos Correios na campanha torna ilegítima a candidatura do PT

Em visita a Ceasa, Pimenta lembrou que Mensalão também teve origem em fraudes na estatal e anuncia que vai à Justiça contra uso da máquina pública a favor de petistas

O PT protagonizou mais um escândalo de corrupção nos Correios, dessa vez, em Minas Gerais. A edição eletrônica do jornal “O Estado de S. Paulo” publicou, nesta terça-feira (30/09), um vídeo em que o deputado Durval Ângelo (PT), durante reunião com dirigentes dos Correios em Minas, atesta que a presidente Dilma Rousseff só chegou a “40%” das intenções de votos no Estado porque “tem dedo forte dos petistas dos Correios”. Nesta quarta-feira (01/10) este novo escândalo que envolve o PT foi classificado por Pimenta da Veiga como “uso descarado da máquina pública”.

Em encontro com produtores, realizado nesta quarta-feira (01/10) nas Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem, na região metropolitana, Pimenta se disse estarrecido com esse novo escândalo. “É algo nunca vista antes. É o uso descarado da máquina pública em favor de uma candidatura, que se tornou absolutamente ilegítima. Vamos acionar a Justiça, é nosso dever, porque é uma coisa escrachada, é o uso descarado de uma empresa séria, como os Correios. É a prática petista: desmoralizaram a Petrobras e estão desmoralizando os Correios. É o segundo ato de abuso nos Correios, o primeiro gerou o Mensalão”, lembrou Pimenta.

Realizada na última quinta-feira (25/09), a reunião de campanha do PT, denunciada pela imprensa, contou com a presença do presidente dos Correios, Wagner Correia. Em outro trecho da gravação, Durval Ângelo, que integra o Diretório Nacional do PT e é coordenador da campanha de Fernando Pimentel, afirma que “se hoje nós temos a capilaridade da campanha do Pimentel e da Dilma em toda Minas Gerais, isso é graças a essa equipe dos Correios”. Ele diz, ainda, que “a prestação de contas dos petistas dos Correios será com a vitória do Fernando Pimentel a governador e com a vitória da Dilma”.

As suspeitas de apropriações irregulares das estruturas de empresas estatais e o uso da máquina pública para fins eleitorais por parte do PT durante esta campanha são recorrentes. Em julho, em evento de campanha do petista Fernando Pimentel, realizado no bairro Jaraguá, em Belo Horizonte, muitos participantes chegaram ao local em carros oficiais dos Correios, conforme diversos veículos de comunicação denunciaram na época. Desde que assumiu o governo federal, o PT é alvo de inúmeros escândalos, sendo o mais recente o esquema de corrupção descoberto na Petrobras.

Escândalos do PT

A nova denúncia envolvendo os petistas guarda semelhanças com o maior caso de corrupção da histórica da República, que é o Mensalão. As graves acusações contra a cúpula do partido vieram a público após a descoberta de fraudes na cúpula dos Correios. A denúncia culminou com a revelação de pagamentos de mesadas pelo governo do PT a deputados aliados. Ação penal sobre o esquema, julgada no Supremo Tribunal Federal, resultou na prisão de integrantes da cúpula do PT, como José Dirceu e Delúbio Soares, companheiros de partido de Fernando Pimentel.

0 comments… add one

Leave a Comment