Oposição denuncia: reforma administrativa de Pimentel é tentativa de aparelhamento

Líder da minoria, deputado Gustavo Valadares (PSDB), bate em um dos artigos do projeto de reforma administrativa que retira a exigência de certificação para ocupação do cargo de superintendente de ensino.

Sem meritocracia: Pimentel quer dar jeitinho e se coloca contra a qualificação para ocupar função pública

Fonte: O Tempo 

Oposição denuncia que governo Pimentel abre mão da meritocracia para colocar o compadrio. Divulgação

Oposição denuncia que governo Pimentel abre mão da meritocracia para colocar o compadrio. Foto: Samuel Costa

Oposição aponta o “aparelhamento”

Entretanto, fontes ligadas ao governo negam que haja intenção de reajuste salarial no primeiro escalão, pelo menos, por enquanto

O líder da minoria, deputado Gustavo Valadares (PSDB), bate em um dos artigos do projeto que retira a exigência de certificação para ocupação do cargo de superintendente de ensino. A garantia assegura que apenas servidores efetivos possam assumir o cargo, que tem remuneração média de R$ 5.600. “Eles querem poder indicar qualquer pessoa. É o aparelhamento petista”, ataca Valadares “Abrem mão da meritocracia para colocar o compadrio”, emenda o deputado tucano João Leite (PSDB).

Outro aspecto criticado pela oposição diz respeito à ampliação de gratificação para cargos de primeiro escalão. O valor hoje é de R$ 1.000 e, com a proposta de reforma, dobraria. Com a medida, segundo Leite, subsecretários poderão receber um salário bruto de R$ 11 mil, o que ultrapassa a remuneração de secretários e até mesmo do governador. A oposição desconfia que a medida poderia gerar um efeito cascata, forçando a necessidade de apresentação de projeto de lei para aumentar salários de todo primeiro escalão e do próprio governador.

Entretanto, fontes ligadas ao governo negam que haja intenção de reajuste salarial no primeiro escalão, pelo menos, por enquanto. A gratificação teria o objetivo de facilitar a contratação de profissionais qualificados.

0 comments… add one

Leave a Comment